Como ganhar mais anos de vida

Quer viver mais? Invista em nozes e amendoins como lanchinho da tarde.

Quer viver mais? Invista em nozes e amendoins como lanchinho da tarde.

Homens e mulheres que comem pelo menos 10 gramas de nozes ou amendoim por dia têm um risco menor de morrer de várias das principais causas de morte no mundo. 

A redução na mortalidade foi mais forte para doenças respiratórias, doenças neurodegenerativas e diabetes, seguida de câncer e doenças cardiovasculares. Os efeitos foram iguais em ambos os sexos.

A análise

O estudo foi realizado com dados de uma grande pesquisa nacional da Holanda, iniciada em 1986 com mais de 120.000 holandeses entre 55 e 69 anos. O consumo de nozes e amendoim foi avaliado através de perguntas sobre tamanho da porção e frequência de ingestão dos participantes.

As associações entre a ingestão de nozes e amendoim e morte cardiovascular apoiam resultados anteriores de estudos americanos e asiáticos. No novo estudo, os cientistas também verificaram que a mortalidade por câncer, diabetes, doenças respiratórias e doenças neurodegenerativas são reduzidas nas pessoas que consomem mais amendoins e nozes.

A menor mortalidade observada foi ligada ao consumo de 15 gramas de nozes ou amendoins em média por dia (metade de um punhado). Não adianta comer mais que isso, explica o principal autor do estudo, o epidemiologista Piet van den Brandt, pois maior ingestão não foi associada a mais redução no risco de mortalidade.

Os benefícios

Amendoins e nozes contêm vários compostos como ácidos monoinsaturados e poli-insaturados gordos, vitaminas, fibras, antioxidantes e outros compostos bioativos que possivelmente contribuem para as taxas de mortalidade mais baixas.

Mas é importante destacar que é preciso comê-los puros. A manteiga de amendoim foi avaliada na pesquisa, por exemplo, mas não teve a mesma consequência na saúde. A pasta contém ácidos graxos (gordura trans) que podem inibir os efeitos protetores do amendoim. Isso significa que você pode riscar coisas como a paçoca do seu cardápio também, se o seu objetivo for ficar mais saudável.
Castanhas e amêndoas

O amendoim e as nozes fazem parte de um grupo de alimentos conhecido como “sementes e frutos oleaginosos”. Esse grupo inclui as maravilhosas castanha-de-caju e castanha-do-pará. Embora as castanhas não tenham sido incluídas na análise, muitas pesquisas já mostraram que elas fazem bem para a saúde.

Por exemplo, castanhas e amêndoas são consideradas “superalimentos”, ou seja, alimentos ricos em fibras, proteínas e nutrientes importantes ligados cientificamente à prevenção do envelhecimento, longevidade, doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2, hipertensão e alguns tipos de câncer.

Fonte: MedicalXpress

Artigos relacionados

Comentários