Fazer jejum provoca mau humor e não ajuda a emagrecer

Depois de muitas horas em jejum a fome fica exagerada e você vai comer mais do que deveria

Depois de muitas horas em jejum a fome fica exagerada e você vai comer mais do que deveria

Para muitas pessoas, estar acima do peso já é motivo suficiente para causar irritação. Para piorar, os mais radicais ainda optam por formas drásticas de dieta para baixar o peso. Movidos pelo desespero emocional e pela ânsia do emagrecimento rápido os ‘gordinhos’ pulam refeições e partem para horas e horas de jejum, o que contraria a lógica do corpo humano. Afinal, ninguém ‘vive de brisa’…

No livro “A dieta do bom humor”, a nutricionista Sonia Tucunduva Philippi relaciona uma série de motivos que provam que, além de provocar mau humor, o jejum não ajuda a emagrecer. Confira:

Quando você faz jejum…

- Diminui o ritmo do metabolismo;
- Fica com as funções do organismo mais lentas;
- Prejudica as funções do intestino;
- Corre o risco de sofrer carência de vitaminas e minerais.

E ainda há o risco de engordar porque…

- Depois do jejum ou após pular uma refeição a fome é exagerada;
- Ninguém aguenta passar fome muito tempo;
- O organismo, que aprendeu a viver com pouquíssimas calorias, vai armazenar tudo o que vier a mais e estocar esse excesso em forma de gordura;
- O corpo exige compensação após um período de longa privação e vai aproveitar tudo o que faltou até então para repor suas perdas — o que significa que você vai engordar.

Você corre os mesmos riscos do jejum quando…

- Fica horas sem comer nada;
- Come menos de 800 calorias durante mais de uma semana;
- Faz dietas só de líquidos que duram mais de um dia;
- Toma laxantes;
- Toma diuréticos.

Artigos relacionados

Comentários